E se eu te falar que você pode aprender rudimentos tocando um groove?

Opa galera, olha eu aqui de novo. Vou falar uma coisa pra vocês viu…
O que eu tenho recebido de mensagens de bateristas que não aguentam mais ficar estudando os rudimentos dia após dia e na hora de tocar não conseguem evoluir, não tá no gibi.

Os rudimentos além de serem importantíssimos para aprimoramento da sua técnica, eles que dão sustentação na hora de um solo ou uma virada. Saber fazer um rudimento perfeito significa ficar livre pra criar durante a música, se preocupar NO QUE FAZER, e NÃO, COMO FAZER. Por isso que nós professores batemos tanto nessa tecla de estudar sempre os rudimentos.

Foi então que tive uma sacada, na verdade, você não estava cansado de estudar os rudimentos, e sim você queria praticar na batera mesmo, largar de lado um pouquinho o PAD e fazer um som bacana. E aí meu querido, minha querida, resolvi criar um método de ensino pra você estudar o single paradiddle, distribuindo o mesmo nas peças da bateria, utilizando inclusive o bumbo.

Chega de mesmice! Aprenda a distribuir o single paradiddle em todas as peças da bateria.

Muitos alunos já vieram me falar que o resultado foi fantástico, e o melhor, em muito pouco tempo evoluiram como nunca. Mas, disse a eles que isso se deveu ao grande esforço deles, somente mostrei o caminho. Por isso, não digo aqui que criei uma formula mágica que você vai aprender da noite pro dia, bem longe disso, como disse anteriormente te mostrei o caminho, o meu caminho.

E aí legal né? Quer conhecer um pouco mais desse novo método para aprender rudimentos sem stress e de maneira muito mais rápida do que o convencional?

Clique no link e descubra como. Tenho certeza que você vai curtir, depois me conte como foi!

Comentários: